Eventos

<<  Dezembro 2017  >>
 S  T  Q  Q  S  S  D 
      1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Terça - 12 de Dezembro de 2017
Scarassati faz planos para cobrir quadra na AACP
Entrevista
Escrito por Rodrigo Guadagnim   
Sex, 04 de Novembro de 2011 12:53
Presidente do Clube da Painco estreia sessão permanente de entrevistas que passa a integrar O RIO-PEDRENSE


 
O RIO-PEDRENSE estréia esta semana, uma sessão fixa de entrevista com personagens que fazem parte do nosso cotidiano. A prioridade será dada àqueles que vivem em Rio das Pedras, porém pode haver exceções, sobretudo com personagens da região, que podem ter ligação direta ou indireta com a cidade. O escolhido para esta primeira entrevista é Valdir Scarassati, homem que de forma voluntária e abnegada está há quatro anos à frente da AACP (Associação Atlético e Cultural Painco) e segue cheio de planos para permanecer por mais dois anos. Confira os principais trechos. 
 
 
 
O RIO-PEDRENSE: Seu trabalho no clube é totalmente voluntário e já faz quatro anos que o senhor está fazendo isso. O vemos trabalhando até tarde aqui nas festas, deixando sua vida particular de lado para cuidar disso. Por quê? O que te motiva a fazer isso?
Valdir Scarassati - A minha motivação vem pela dedicação que eu tenho à empresa, em primeiro lugar, e pela confiança que os associados depositaram em mim quando eu fui eleito presidente. Hoje a Painco tem uma maioria de jovens trabalhando na empresa e eu procuro trabalhar em prol dessa juventude e trazer esse pessoal para cá. Na primeira gestão o número de associados que freqüentava as festas era bem menor do que agora. Hoje os associados são muitos e eles prestigiam as festas. No nosso último evento, que foi o Blackout 2, praticamente 60% dos frequentadores do baile eram associados. Isso mostra que o nosso trabalho está dando resultado e isso nos incentiva. 

Muita gente de fora pensa que como você administra um clube que a sua situação financeira  é cômoda financeiramente, por ser um clube de funcionários de uma empresa de grande porte como a Painco. Como é essa questão financeira, a relação da Painco com o Clube?
Painco Empresa é Painco Empresa; Clube da Painco é um clube a parte. A parte financeira do Clube é mantida da seguinte forma: nós temos a mensalidade do associado (R$ 12 individual e R$ 20 familiar) que é descontada diretamente no holerite e voltada exclusivamente para a Associação. A empresa contribui com um valor para nós cuidarmos da manutenção do prédio, ou seja, pagar impostos, fazer reforma, fazer alguma coisa voltada para a conservação do patrimônio da empresa. Nas festas que a gente faz, o dinheiro arrecadado é 100% revertido para melhorias. 
O seu mandato vence em maio de 2012. Tem a intenção de continuar?
Tenho a intenção de continuar porque é um trabalho que eu gosto de fazer em prol do Clube e ao mesmo tempo é um lazer que eu tenho.
E qual que seria sua principal meta para o seu próximo mandato?
A gente já tem entrado em contato com a diretoria da empresa para que nós façamos uma obra, que é o sonho deles também, que é a cobertura da quadra. Então, se eu conseguir me reeleger para mais uma gestão, o primeiro passo a ser dado é começar a fazer a cobertura da quadra porque isso facilita muito para a realização de uma festa. A gente tem esse ideal de fazer a quadra coberta também para aumentar a frequência dos associados na pratica esportiva.
 
E a Painco ajudaria nisso?
Nós estamos negociando. Inclusive a diretoria já pediu para que eu conseguisse alguns detalhes para que eles possam começar a trabalhar em cima disso, como o tipo de material que vai ser usado, as medidas... vamos começar a trabalhar em orçamentos e materiais para apresentar para a empresa para que eles possam estar junto com a gente, apoiando esse continuar do nosso trabalho.
 
Então o campo de grama sintética não sairia no seu próximo mandato (Valdir tem projeto de trocar o gramado do campo atual por grama sintética)? Não daria para cobrir a quadra e fazer o campo?
É muito difícil. A gente teria que ter algum patrocínio ou alguma coisa assim. E como o Clube é privado e nós não podemos buscar patrocínio externo. No momento o campo de grama sintética estaria em segundo plano. O valor da cobertura é um valor razoável, menor do que o do campo sintético, mas é um valor considerável.
 
Daria para projetar uma receita com aluguel do campo sintético para não associados. Isto está dentro do estatuto?
Nós temos todo um projeto, todo um trabalho levantado minuciosamente a respeito de valor de horas, a respeito de aluguel do local para não sócios, tudo isso está pronto. Nós havíamos passado isso para um dos diretores já ficar interado sobre o assunto e deixamos para promover isso um pouco mais para frente. Hoje a nossa prioridade é a cobertura da quadra, mas temos todo esse trabalho prontinho com nome de empresas com orçamento, temos empresas que se prontificaram a usar o nosso campo, alugando esse espaço para os funcionários deles fazerem seus campeonatos, entre outros.
 
Uma coisa que tem dado certo em alguns clubes é a implantação de academia de ginástica. Existe algum projeto a esse respeito?
Nós construímos uma área do lado do campo de boche destinada a uma academia. Trouxemos algumas empresas que trabalham no ramo para avaliar isso para gente. Na avaliação, esse espaço seria um pouco reduzido para nós montarmos os equipamentos necessários. Mas nós também estamos em contato com outras empresas para estudar o local e o que é que pode ser feito. O estudo está sendo levantando, nós já temos alguns orçamentos e só estamos esperando a confirmação da liberação desse espaço, porque atualmente tem algumas coisas guardadas nessa área. 
 
A ideia seria o associado pagar um pouco a mais para fazer a academia e abrir para gente de fora? Como funcionaria isso?
A ideia seria que o associado não pagasse nada, porém isso acrescentaria uma despesa considerável a mais no Clube, por isso não está descartada a hipótese de a gente cobrar uma taxa mínima para ajudar na manutenção dos equipamentos.
 
E o não sócio poderia usar?
Sim, teria um preço. Hoje nós temos pacotes para quem usar a piscina, para quem quer passar um dia no Clube e assim também seria na academia.
 
Então, para ficar claro: quem não é trabalhador da Painco e portanto não pode ser sócio, pode frequentar o clube pagando uma taxa?
Sim, ele pode frequentar pagando uma taxa e tendo um sócio responsável.Nós cobramos R$3 para entrar no clube, mas não pode usufruir da piscina. Para usufruir da piscina nós temos um pacote para 30 dias (consulte sobre os valores pelo telefone 3493-6069). Uma pessoa que quer fazer um churrasco aqui também pode pagando R$3 e sendo apresentado por um sócio. Nós também temos as nossas regras e normas de qualidade e respeito que não podem ser excedidas, caso contrário tomamos providência. Nós cuidamos muito disso para que o associado também tenha um respaldo de estar em um local de bem-estar.
 
Há muita pergunta sobre o Baile do Hawai. Qual a informação?
Está havendo muito procura e muitas ligações a respeito do Baile do Hawai do Clube da Painco. Tivemos duas opções. Nós não vamos fazer o Baile do Hawai tradicional porque daqui até dezembro tem muitos bailes do Hawai na região. Nós estamos programando, não seria bem do Hawai, seria uma Baile Tropical seguindo o estilo do Baile do Hawai, mas uma coisa mais diferenciada. A partir de janeiro nós já estamos trabalhando nisso 
 
Alguma mensagem final?
Eu gostaria de agradecer ao pessoal que tem nos apoiado, aos patrocinadores que nos ajudam nas festas e principalmente agradecer as pessoas que trabalham na minha equipe, tanto os que fazem parte da diretoria, do grupo de funcionários, quanto algumas pessoas em particular que pela amizade que tem por mim e eu por eles, que me ajudam, por essas pessoas eu tiro o chapéu, pois não é qualquer pessoa que ajuda um trabalho voluntário. Agradecer também as pessoas que vem nas nossas festas, ao jornal O RIO-PEDRENSE que sempre nos apóia e fazer o convite para que as pessoas venham conhecer as nossas dependências. Agradecer a todas as pessoas que nos prestigiam e nos dão o valor que nós temos, porque nós não nos exaltamos sobre isso e sim buscamos satisfazer cada vez mais as pessoas que prestigiam o nosso recinto. 


 
Copyright © 2009 - 2017 - O RIO-PEDRENSE. Site desenvolvido por CM+P
Rua Massud Coury, 864, Bom Jesus, Rio das Pedras-SP - CEP: 13390-000 - Tel: (19) 3493-2156