Eventos

<<  Novembro 2017  >>
 S  T  Q  Q  S  S  D 
    1  2  3  4  5
  6  7  8  9101112
13141516171819
20212223242526
27282930   
Segunda - 11 de Dezembro de 2017
Memória - Raul Urbano (Jego)
Cidades
Escrito por André Rossi   
Sex, 21 de Dezembro de 2012 12:13
Dedicação ao trabalho e amor à família movia Jego
 
Junto com seu amigo Luiz Paris, Jego conseguiu prosperar profissionalmente no ramo de transportes de aguardente e cana de açúcar.
 
 
 
Raul Urbano, conhecido popularmente como Jego, nasceu no dia 11 de abril de 1931 no bairro da Batistada, em Piracicaba. Filho dos finados Antônio Urbano e Theresa Rosada Urbano, ele viveu a maior parte da sua juventude em fazendas e sítios ao lado de dez irmãos.
 
Raul começou a trabalhar aos 14 anos, ajudando seu pai e irmãos nas atividades da fazenda e também trabalhou como carpinteiro. Aos 18 anos, ele começou uma sociedade com o amigo Luiz Paris (já falecido) e juntos abriram uma empresa de caminhões, que transportava: madeira, cana de açúcar, entre outros materiais. A empresa recebeu o nome de Comercial Rio das Pedras de aguardente e álcool.
 
A empresa cresceu e Raul ficava a semana inteira em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, vendendo aguardente e álcool. Junto com seu sócio, eles compraram a Caninha da Roça e fundiram-na com a Comercial Rio das Pedras, mantendo a sociedade por 25 anos. Depois, a sociedade foi desfeita, Raul ficou com a Comercial Rio das Pedras e a manteve até dezembro de 2011.
 
Raul tinha uma boa relação com os funcionários de sua empresa, como é o caso de Benedito Marconato, que trabalhou como caminhoneiro para ele de 1978 até 2010. “O Raul era uma pessoa muito boa mesmo. Era compreensível, entendia os problemas pessoais da gente (funcionários) e sempre nos ajudava”, explica ele.
 
“Não era uma relação de patrão e empregado. Nós desenvolvemos uma relação de amizade mesmo. Era uma pessoa fora de série”, diz Marconato. 
 

A perda do filho e o amor pelas coisas boas da vida
 
Raul casou-se com Maria Umbelina Parizi Urbano no dia 24 de julho de 1950. O casal teve três filhos: Dagmar de Lourdes Urbano Pontes, Walquiria Eliana Regina Urbano e Raul César Urbano.
 
Em abril de 1983, Raul perdeu seu único filho, Raul César (conhecido popularmente como Faú), em um acidente de carro, que foi uma grande perda para toda a família (leia abaixo).
 
Em 24 de julho de 2001, a esposa de Raul, Maria, faleceu devido à diabetes.
 
Palmeirense fanático, Raul era um homem que gostava de apreciar as coisas boas da vida, como carros, perfumes, roupas boas e passar o tempo com seus bons amigos em lugares agradáveis. Ele também buscava ser caridoso com as pessoas ao seu redor, tanto com seus familiares quanto com os funcionários de sua empresa.
 
No dia 12 de novembro de 2012, Raul começou a sentir mal e foi internado no Hospital São Vicente de Paulo. Ele sofreu um enfarto e foi transferido para o Emcor (Emergência do Coração) de Piracicaba. Raul foi submetido a sessões de cateterismo e precisou realizar uma cirurgia cardíaca. Porém, ele não resistiu e faleceu no dia três de dezembro de 2012 aos 81 anos de idade.

MENSAGEM DA FAMÍLIA
 
“Nossa eterna gratidão a Deus por ter permitido que você tenha ficado todo esse tempo aqui conosco. Somos gratos pelo carinho que você como bom pai, avô e bisavô nos deu. Somos gratos pelos valores que em via nos ensinou e pregou: humildade, caridade, bondade, sinceridade, amor e o significado da palavra família” - Mensagem dos filhos, netos e bisnetos de Raul Urbano.


Raul César Urbano, o “Faú”
 
 
 
Raul César Urbano, conhecido popularmente como Faú, nasceu no dia 28 de abril de 1962 e era considerado por seus conhecidos uma pessoa muito parecida com seu pai, Raul Urbano. Adorava a vida, sua família e seus amigos. 
 
Assim como seu pai, Faú era torcedor fanático do Palmeiras. “Caso o time perdesse, era melhor não fala com ele, já que ele ficava muito irritado”, lembra a irmã Dagmar Urbano Pontes. 
 
Sua passagem pela vida foi breve. Faú faleceu no dia 15 de abril de 1983 em um acidente de carro com apenas 20 anos.

 
Copyright © 2009 - 2017 - O RIO-PEDRENSE. Site desenvolvido por CM+P
Rua Massud Coury, 864, Bom Jesus, Rio das Pedras-SP - CEP: 13390-000 - Tel: (19) 3493-2156